janeiro 17, 2017

Oleiros representado na Prova de Natação em Castelo Branco



Jovens nadadores vão competir e confraternizar
"A Piscina Municipal de Oleiros vai estar representada com cerca de 20 nadadores no próximo sábado, dia 21, numa Prova de Natação nas Piscinas do Centro Social Padres Redentoristas em Castelo Branco. Os Grupos de Desporto dos Municípios de Oleiros, Proença-a-Nova, Vila de Rei, Pedrogão Grande, Sertã, Castelo Branco e Pampilhosa da Serra, possuem um calendário de provas rotativas entre estes Municípios de dois em dois meses.
A próxima prova realiza-se na Piscina Municipal de Oleiros no dia 25 de março com nadadores dos sete concelhos, entre os 6 e os 16 anos de idade."
Fonte: Gabinete de Informação da CMO

janeiro 13, 2017

Concerto de Ano Novo - Filarmónica Oleirense na igreja matriz



É já amanhã, sábado que, segundo informação municipal, a Filarmónica Oleirense realiza mais um concerto na bonita igreja de Oleiros. Diz-nos a informação que, "a encerrar com chave d'ouro os vários Concertos de Natal que a Sociedade Filarmónica Oleirense habitualmente leva a efeito durante o mês de dezembro, vai ter lugar no próximo sábado, dia 14 de janeiro, pelas 20:00h, na Igreja Matriz de Oleiros, um Concerto de Ano Novo. 

Depois das atuações de dezembro no auditório da sua sede (antestreia) e nas freguesias de Madeirã, Álvaro e Mosteiro e da atuação no passado sábado, dia 7 de janeiro, na Igreja matriz de Sobreira Formosa, Proença-a-Nova, esta centenária coletividade promete agora trazer a mais genuína mensagem de Ano Novo a todos os Oleirenses."

janeiro 11, 2017

Parque da feiras em Oleiros vai ser melhorado



"A obra do Parque de Feiras e Mercados já está em execução, tendo um prazo de execução de cinco meses e um valor de 277.300,00€. Este espaço está localizado na zona central da Vila de Oleiros, numa área urbana importante. No entanto, atualmente as suas características não possibilitam a utilização do mesmo, pelo a finalidade da sua qualificação  se revela urgente, de modo a que a população em geral possa beneficiar deste local.
Em causa estão mais de 14 mil metros quadrados de vazio urbano, sendo a pretensão, dotar este espaço de grandes dimensões, sem ocupação permanente e com uma localização de excelência, num lugar inovador, multifuncional, atrativo e dinamizador da economia local.
Assim, na prática o que se pretende é um espaço aberto, adaptável a várias tipologias de uso ao longo do ano, tendo como principal propósito dar apoio à realização da Feira do Pinhal, mercados semanais e eventos similares.
A empreitada do Parque de Feiras e Mercados está inserida no Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), tendo sido candidatada e aprovada ao Portugal 2020, Programa Operacional Regional do Centro, Eixo 7 - Afirmar a sustentabilidade dos territórios (CONSERVAR) no âmbito da prioridade de investimento 6.5. com o objetivo temático de preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética."
Fonte: Gabinete de Comunicação do Município

dezembro 31, 2016

Construção da casa mortuária em Oleiros está projetada



Qualificação e modernização da envolvente
 do Largo da Igreja Matriz

A qualificação e modernização da envolvente do Largo da Igreja Matriz encontra-se em concurso público em fase de lançamento no valor de 250.800,00€.
A obra tem como intuito criar uma infraestrutura viária junto à também já anunciada Casa Padre António de Andrade de modo a garantir o acesso à mesma e ainda criar um parque de estacionamento que irá servir tanto a nova obra como a Igreja Matriz de Oleiros. A área de intervenção deste projeto localiza-se no tardoz do Largo da Igreja Matriz de Oleiros terreno que se encontra essencialmente baldio, sem construção.
A empreitada relativa ao projeto da Qualificação e Modernização da Envolvente do Largo da Igreja Matriz inserido no Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) do Município foi lançada a concurso público. Esta é uma obra que vem na continuidade da aposta do executivo na Reabilitação Urbana, nomeadamente na ARU da vila de Oleiros. Esta ação deverá ser alvo de candidatura ao Portugal 2020, Programa Operacional Regional do Centro, Eixo 7 - Afirmar a sustentabilidade dos territórios (CONSERVAR) no âmbito da prioridade de investimento 6.5. (A adoção de medidas destinadas a melhorar o ambiente urbano, a revitalizar as cidades, recuperar e descontaminar zonas industriais abandonadas, incluindo zonas de reconversão, a reduzir a poluição do ar e a promover medidas de redução de ruído). - Fonte: Gabinete de Comunicação do Município
__________________
 Há muito que esta obra deveria ter sido feita. Desde os velhos tempos em que os velórios eram feitos em cada dos defuntos e os "enterros" tinham que mobilizar a chamada corda (grupo de homens que moravam na zona alargada da morada do defunto para transportar os caixões) até à centralização dos velórios na igreja de Misericórdia em Oleiros ou capelas e casas mortuárias de outras freguesias, muito se foi avançando até que surge, agora, este momento que significa um enorme passo na vida comunitária local com enormes reflexos na criação de boas condições para estes momentos.
Ainda bem. 
Quando, pelo Natal me desloquei a Oleiros, tomei conhecimento deste projeto, mas também já o tinha no meu email. Foi (será) uma bela prenda neste final de ano.

dezembro 22, 2016

Oleiros volta a ter IMI no mínimo legal


Valor mínimo de IMI     e     IMI Familiar voltam a ser aprovados

                                                                           

"Na Assembleia Municipal de 28 de novembro, o Município de Oleiros decidiu mais uma vez optar por fixar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) no mínimo permitido, aliando deduções para quem tem filhos a cargo, o chamado "IMI Familiar".



Desde 2001 o Município nunca optou pela taxa máxima de IMI, sendo que começou a aplicar a taxa mínima de 0.3% a partir de 2013. Este ano a decisão mantém-se, uma vez que a taxa a aplicar aos prédios urbanos situados na área do Município de Oleiros continua a ser a mínima possível (taxa fixada dentro do intervalo de 0,3% e 0,5%).



Além da taxa mínima de IMI, as famílias com dependentes a cargo beneficiarão ainda do "IMI Familiar", concedendo-se uma dedução fixa de 20 euros para agregados familiares com um dependente a cargo, de 40 euros para agregados familiares com dois dependentes e de 70 euros para agregados familiares com três ou mais dependentes. Esta e outras medidas traduzem a preocupação do Executivo em apoiar as famílias, promovendo simultaneamente a natalidade. Tendo em conta o momento de dificuldade que o País vive, o Município pretende aliviar a carga fiscal das famílias oleirenses para que possam ter melhores condições de vida e mais poder económico.



Em Assembleia ficaram também decididas as seguintes exceções: a majoração da taxa a aplicar aos prédios rústicos com áreas florestais que se encontrem em abandono, no interior dos aglomerados e numa faixa de largura de 200 metros; a majoração para os prédios urbanos degradados; a redução mediante condições da taxa para prédios urbanos inseridos na ARU." - Município

Nota: Todos  os Municípios já comunicaram às Finanças quais as taxas de IMI que vão aplicar em 2017. Se quiser dar uma olhadela pelas essas taxas a aplicar em 2017 vá até este link.